julia shimura.

atRIZ  24/10/1986

Formada como atriz pela Escola de Teatro Martins Pena, preparadora corporal pela Faculdade de Dança Angel Vianna e em Comunicação pela PUC-Rio, Julia Shimura é uma artista multifacetada.

Já fez cinema, TV e teatro como atriz, mas também compõe, canta, dirige e ataca de roteirista de vez em quando.

No cinema, fez parte do elenco de “Sob Pressão", de Andrucha Waddington, como a personagem Keiko (2016) e participou também de curta-metragens experimentais como “Regeneração”, de Humberto Carrão (2016) e “Monocelular", de Felipe Cataldo (2009).

"Sob Pressão" foi para a TV Globo e Keiko lhe rendeu as 2a e 3a temporadas da série (2018/2019), sucesso de público e crítica que retorna ao ar em 2021. Shimura não pôde gravar a primeira temporada porque estava gestando Lis Satori, fruto de sua parceria com Pedrinhu Junqueira, músico com quem tem o duo musical Haicu. A banda lançou seu primeiro álbum em 2016 e está em processo de produção de "Doideira de Calor", com lançamento em 2021.

Seu último trabalho no teatro também envolvia música: em  "Isaac no Mundo das Partículas", infantil de Joana Lebreiro sobre física quântica, a atriz também cantava e tocava baixo. 

Julia também é uma das fundadoras da Comboio de Corda Cia de Teatro, tendo atuado como diretora e atriz em “Aquário” (2015). Dirigiu também “Filemon”, solo de Rodrigo Vrech (2012).

A atriz também pode ser vista na última temporada da série #MeChamaDeBruna, da Fox. Sua participação, apesar de curta, rendeu cenas intensas como Simone, esposa de um desembargador envolvido com o crime.

Redes Sociais

  • Facebook
  • Instagram