vandré silveira.

ator  29/04/1981

Pela sua atuação em “Bárbara” (35mm), curta metragem com direção de Carlos Gradim (2007), o ator recebeu prêmios de Melhor Ator nos festivais de cinema Primeiro Plano (Juiz de Fora), Ibero-Americano de Cinema/Curta-SE (Sergipe), For Rainbow (Fortaleza) e VI Festival de Cinema de Maringá (Paraná). Protagonizou os curtas “Opostos” com direção de Eduardo Rennó (2006) e “Casal Hétero”, com direção de Leonardo Barcelos (2004). Atuou ainda no longa metragem “Ponto ORG” com direção de Patrícia Moran (2010).

Formado no Curso Profissionalizante de Teatro da Fundação Clóvis Salgado (CEFAR- Palácio das Artes) em Belo Horizonte, no ano de 2005, desenvolveu importantes trabalhos em várias áreas da dramaturgia. No teatro, idealizou e protagonizou o monólogo “Farnese de Saudade”, dirigido por Celina Sodré em 2012. Esse projeto sobre o artista plástico Farnese de Andrade lhe rendeu o prêmio de Melhor Ator no Festival Home Theatre, em 2014. O ator também assinou o texto e a cenografia do espetáculo/instalação, recebendo a indicação na categoria cenário no 25º Prêmio Shell e levando o prêmio Questão de Crítica pela cenografia. Foi ainda

indicado pela pesquisa do projeto, na categoria especial, no 2º Prêmio Questão de Crítica.

Atuou ainda nos espetáculos teatrais “O Homem Elefante” com direção de Cibele Forjaz e Wagner Antonio (2015); “Vermelho Amargo” com direção de Diogo Liberano (2014); “O Acidente” com direção de Daniel Carvalho Faria (2014); “Momo e o Senhor do Tempo” com direção de Cristina Moura (2013); “Céu sobre chuva ou Botequim” com direção de Antônio Pedro Borges (2013); “O Menino que Vendia Palavras” com direção de Cristina Moura (2012); “Dois Jogos: Sete Jogadores” com direção de Celina Sodré (2011); “Trans Tchekhov” com direção de Celina Sodré (2010); “Amor e Restos Humanos”, de Brad Fraser, com direção de Carlos Gradim (2005); “Festa de Casamento” com direção de Eid Ribeiro (2005) e; “Casa Apodrecida”, espetáculo baseado em O Primo Basílio, clássico de Eça de Queirós e dirigido por Leonardo Bertholini.

Na televisão, participou das séries “Carcereiros – 1ª Temporada” (Rede Globo) com direção de José Eduardo Belmonte; “Treze Dias Longe do Sol” (Rede Globo) dirigida por Luciano Moura; “Poltrona 27” (Canal Brasil) dirigida por Paulo Thiago e Guilherme Fiúza; “Todo Tempo do Mundo” (Websérie – canal Cubo); “Amor Veríssimo” (GNT) com direção de Arthur Fontes; “A Segunda Vez” (Multishow) dirigida por César Rodrigues e “Caipirinha Sunrise” (TV Azteca/México), dirigida por Felipe Fernandez del Paso. 

Em 2017 Vandré viveu o personagem Lázaro na novela “Jesus”, exibida pela Record.

Como o personagem Tibério Requião, o ator interpretou um dvogado na reta final da novela “A Dona do Pedaço”, escrita por Walcyr Carrasco e exibida pela Rede Globo em 2019.

Redes Sociais

  • Facebook
  • Grey Vimeo Ícone
  • Instagram